sexta-feira, 21 de março de 2014

Aventura - A Carga Preciosa - Para jogos de Ficção Científica

Para o último Saia da Masmorra eu combinei que levaria uma aventura de Ficção Científica para o sistema X-Plorers. Eu estava (ainda estou) empolgado com a série Firefly (sim, é velha mas só conheci há pouco tempo) e queria mestrar algo com o mesmo clima e estilo. Uma história de Space Western, com uma tripulação criminosa, porém honrada, em uma situação delicada com várias complicações e algumas escolhas morais.

Mas, pra variar, eu deixei para preparar algo para a sessão na manhã do sábado do encontro e tive que recorrer a técnicas mais abertas e flexíveis para criação de aventuras. Utilizando uma preparação bem light, rápida e apenas com elementos essenciais (como explicado nessa postagem), escrevi em uma folha de papel tudo que eu iria precisar para, junto com os jogadores, criar uma história e contá-la lá no evento. Abaixo, então, reproduzo o esquema da aventura assim como o levei para o encontro.

A Carga Preciosa (ou Perigosa)

Situação:
Os personagens são da tripulação de uma nave (que eles batizarão no início da sessão). Eles são "Freelancers", às vezes fazendo trabalhos dentro da lei, às vezes às margens dela, mas com um senso de honestidade próprio deles. Depois de algumas semanas sem nenhum trabalho que realmente os pagasse direito e com o tanque de combustível esvaziando, o capitão (um dos personagens) recebe um chamado de um velho contato no planeta fronteiriço de Erdan. Jarren, o contato, precisa de um grupo para recuperar uma carga preciosa em um cargueiro a deriva no espaço.

Localidades:
1. Erdan: Um planeta além das fronteiras da galáxia civilizada, apenas no nome sob jurisdição das Corporações Unidas. Planeta de contrastes, com tecnologias primitivas e avançadas vivendo lado a lado. Grande população pobre. Dominado por guildas criminosas. Drogados nas ruas, milícias, cidades sujas. Bom lugar para se conseguir "trabalhos". Onde o grupo encontra Jarren e Millenia para acertar os detalhes da missão em um bar sujo.

2. Mamute Azul: O cargueiro espacial que está a deriva. Localizado dentro de uma região patrulhada pela polícia das Corporações Unidas, próximo a um campo de asteroides. Nave parcialmente danificada, onde algo terrível aconteceu com sua tripulação. Sangue e restos de corpos estão pelos aposentos. Carga preciosa escondida em um lugar que poucos tinham acesso na nave.

3. Cruzador Delta: Nave da polícia das Corporações Unidas que patrulha região onde o Mamute Azul se encontra. Nave toda em tons de branco cheia de corredores labirínticos e salas com espelhos e vidro. Tecnologia mais avençada que o normal. Padronização, soldados de uniformes e oficiais autoritários.

4. Armazéns de Erdan: Local de entrega da carga. Complexo industrial abandonado. Escuro, sujo, cheio de armazéns e galpões fechados. Veículos abandonados. Caixas para todos os lados formando um labirinto de caminhos.

Personalidades:
Jerran Macguire: Um alienígena com aparência de um sapo hominídeo. Baixinho, barrigudo e sempre usando óculos escuros. Usa vestes de homens de negócios, porém velhas e desgastadas. Costuma se envolver com tipos menos "educados" e está sempre acompanhado de uma prostituta e pelo menos 2 seguranças.

Millena Atway: Atualmente o braço direito de Jerran Macguire, embora seja relativamente nova em sua organização. Na verdade, trata-se de uma espiã das Corporações Unidas enviada para se ganhar a confiança do homem-sapo até conseguir provas suficientes para prendê-lo. Quem sabe com essa carga tão preciosa ela não consiga isso.

Capitão Wong: Comandante do Cruzador Delta que patrulha a região onde se encontra o Mamute Azul. Ele não pensa a longo prazo e é fanático pela Aliança. Se descobrir a carga roubada na nave dos personagens tentará prendê-los de qualquer forma, mesmo prejudicando a operação de Millena. Possui cabelos aparados e escuros, olhos negros e um fino bigode sobre os lábios.

Complicações:
1. A Carga preciosa é algum tipo de material farmaceutico. Talvez um droga ou arma biológica que faz muito mal as pessoas, causa dependência e pode ter alguma ligação com o "desaparecimento da tripulação do Mamute Azul.

2. Alguns piratas espacias podem estar aguardando alguma nave entrar no território das Corporações Unidas e recuperar a carga antes de tentar roubá-la.

3. A tripulação do Mamute Azul não desapareceu, mas deixou de ser "humana". Parte dela está morta aos pedaços e parte enlouqueceu, se tornando bestas devoradoras de gente.

4. Millena contactara as autoridades assim que Jarren receber a carga para tentar prender a maior quantidade de comparsas. Dependendo de como os jogadores agirem, ela pode tentar prendê-los ou não. Por outro lado, se Jarren desconfiar que eles tiveram algo a ver com isso, pode tentar matá-los.

Bem, foi só isso que eu levei para a sessão. Com certeza teve algumas coisas que criei na hora e tive que improvisar, mas com uma base sólida para me guiar eu não tive problemas. Dessa forma, dependendo de como as coisas estiverem indo e o tempo estiver acabando você pode aumentar ou diminuir a aventura como necessário. Com base nas ações dos jogadores novos detalhes vão nascendo e se formando, fazendo a aventura nascer e crescer organicamente. Quem quiser está livre para usar esse material em sua própria mesa e até desenvolver além dele. O reporte da sessão que mestrei essa aventura você pode ler aqui.

Se você gostou da postagem, visite a página do Pontos de Experiência no Facebook e clique em curtir. Você pode seguir o blog no Twitter também no @diogoxp.